Arquivo da categoria: Gay

Brasília também é uma cidade

  Há 56 anos era festa. Hoje, apreensão. A cidade sempre ali, firme. Alguns habitantes nada positivos. Mas um céu acolhedor que tudo compensa. Só lamento mesmo, em Brasilia, a falta de ruas. Ruas, sabe, dessas em que a gente … Continuar lendo

Publicado em Gay | 6 Comentários

Fábulas chinesas. Três bananas de manhã.

Fábulas chinesas. Três bananas de manhã – Autor: Liezi Certa vez um criador de animais disse aos seus macacos: – Vocês agora vão receber três bananas de manhã e quatro de tarde. Os macacos ficaram transtornados. Agarraram-se às grades. Guincharam. … Continuar lendo

Publicado em Gay | 7 Comentários

Reflexões em tempos de guerra tola (e existe guerra que não seja tola?)

Reflexões simples para tempos de agressões. Não basta tirar remporariamente do seu Face os guerreiros do outro lado, nem silenciar aqueles — e ser silenciado por aqueles —  que, após a guerra, continuarão seus amigos. É preciso lembrar que a vida … Continuar lendo

Publicado em Gay | Marcado com , , | 4 Comentários

O céu que eu não via

O céu sempre esteve. Eu sempre estive. Mas só há pouco a gente se aconchegou. A cada encontro me pergunto: como não te via antes? Cegueira de quem tem olhos perfeitos, me diz ele. Eu sempre te vi! A cada … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Marcado com | 17 Comentários

Palavras serão, ainda, sempre necessárias?

Essa pergunta me ocorre quando começo a divagar pela Internet. Hoje as imagens ganham um lugar que, outrora, só a palavra escrita podia ocupar. Assim é com a palavra amor, desgastada para muitos, ainda sonhada para outros tantos, incompreendida pela … Continuar lendo

Publicado em Arte., Cinema e vida, Gay, Letras e vida, Sexualidade | 17 Comentários

Ricardo e suas insignificâncias

Uma história sem graça que insistiu em ser contada; casualidade reveladora A primeira vez que Ricardo viu André, casualmente passando pela rua, saindo da quitanda próxima à sua casa, achou-o interessante. Jovem, corpo bem torneado, nem especialmente bonito, nem dono … Continuar lendo

Publicado em Autoficcção, Gay, Sexualidade | 34 Comentários

Até quando, Matheus?

Conversas comigo mesmo. Texto transcrito de outro (aquele sim, fantasioso, publicado aqui mesmo há tempos). Cansado da leitura, mas antes de desligar o micro, Matheus lhe vem às idéias. Você fica pensando, sem resposta: será mesmo ainda um restinho de … Continuar lendo

Publicado em Gay | Marcado com , | 8 Comentários